Notícias

Do Norte ao Sul, para todo o mundo

Grupos participaram do Dia Mundial do Estudante e compartilham suas experiências

Com o engajamento através das redes sociais e o surgimento de novos grupos em todo o mundo, o Dia Mundial do Estudante recebeu ainda mais força nesse ano. No dia 17 de outubro, milhares de estudantes ao redor do globo reuniram-se para orar uns pelos outros, conhecendo a realidade de outros países, orando pelas necessidades e celebrando as conquistas.

O Dia Mundial do Estudante é promovido pela IFES (Comunidade Internacional dos Estudantes Evangélicos, na sigla em inglës) todos os anos. Nessa data, estudantes, profissionais e mantenedores oram por situações específicas enfrentadas pelo movimento ao redor do mundo.

No evento aberto pela IFES no Facebook, 2,5 mil pessoas confirmaram presença. Nas regiões da ABUB os grupos celebraram o dia de diferentes formas, como vigílias e escalas de oração.

Naquele semana, um chat em diversos idiomas ficou disponível na internet para estudantes e profissionais conversarem e compartilharem motivos de oração e gratidão.

Leste

Na Universidade Federal do Rio de Janeiro, os estudantes conversaram sobre grupos na América Latina e oraram pelos estudantes do continente. “Eu achei interessante porque podemos conhecer as outroas ABUs do mundo, orar por elas, ter um momento de comunhão e troca de experiências”, relatou Esdras, estudante de Arquitetura e Urbanismo.

Norte

Na Região Norte, diversos grupos realizaram vigílias na noite do dia 17. “Celebrar esse dia é sem duvida uma benção, na medida em que percebemos as bençãos do Senhor sobre nossas vidas, e o quanto ele nos sustenta nessa missão”, escreveram os estudante da ABU Araguaína no Tocantins (foto ao lado).

Em Teresina (PI), o grupo estava na casa de um estudante e oraram pelo aprendizado bíblico dos núcleos que fazem estudos nas escolas e universidades. Outras cidades juntaram os participantes nas universidades. Foi o caso de Boa Vista (RR) onde a reunião ocorreu no parlatório da UFRR (Universidade Federal de Roraima). 

Os estudantes de Parnaíba no Piauí (foto acima) escolheram países específicos para orar: Malásia, Filipinas e Singapura. “E o que mais nos chamou atenção é que os pedidos de oração deles são praticamente iguais aos nossos e que passamos as mesmas dificuldades. Nos alegramos com isso em saber que não estamos sozinhos nessa”, comentou Tamires Barbosa. Outros países também receberam oração de grupos de Manaus, no Amazonas, e de Paragominas, no Pará.

Sul

No outro lado do país, os ABUenses e ABSenses estavam em climas bem parecidos.  Durante todo o dia, mais de 40 estudantes participaram das reuniões de oração em Florianópolis (SC) em parceria com outros movimentos estudantis. Além de refletir e orar sobre perseguição religiosa em países orientais, europeus e até mesmo dentro da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), foram expostas situações em que os estudantes muitas vezes são confrontados, como drogas, prostituição e violência. “Oramos também pela capacitação do Senhor nas vidas dos estudantes cristãos, para que possamos ser luz, cada qual em sua área”, relatou a estudante Miriam Irinéia.

No mesmo estado, Blumenau montou uma planilha de oração para alcançar diferentes reigões do mundo. “Nosso desejo é que o Espírito Santo nos constranja a lembrar de orar sempre pelos nossos irmãos de alma espalhados pelo mundo”, lembrou Suany Barbosa. 

Os estudantes da capital paranaense reuniram-se em uma igreja, onde fizeram uma dinâmica explicando costumes de países diferentes. O grupo de Curitiba (foto ao lado) gravou um vídeo para Portugal e para Goiânia, Goiás. “Deus nos mostrou o quanto Ele é bom! Nós cremos que o que aconteceu naquela noite é realmente o mover de Deus: corações quebrantados, juntos no mesmo objetivo, no mesmo pensamento!”, contou Giovana Fernanda.

Outas regiões

Grupos das regiões Minas, Nordeste, Centro-Oeste e SP/MS (São Paulo e Mato Grosso do Sul) também promoveram momentos especiais na data, juntando-se a essa grande aliança mundial que está em oração.

Nenhum Comentário

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA
O teste abaixo serve para verificar se você é um ser humano e para prevenir submissões automáticas de spam.