Intercessor

dezembro de 2021

Por conexões bíblicas

“Vejo que em todos os aspectos vocês são muito religiosos (...). Ora, o que vocês adoram, apesar de não conhecerem, eu lhes anuncio.” - Atos 17:22b-23 (NVI)

Dia 12 de dezembro de 2021 é o Dia da Bíblia. A data celebrativa foi criada pela lei federal de número 10.335 há vinte anos, em 2001. Mas o que esse livro significa para nós?

Ao longo deste ano, conversamos sobre o tema “Testemunhas” e estudamos Atos dos Apóstolos. O texto traz relatos missionários da igreja primitiva e mostra como, de diversas formas e em vários contextos, a Palavra de Deus e o testemunho de Jesus foram pregados e transformaram vidas. Mergulhamos nas Escrituras para de lá retirar esses tesouros: as narrativas encorajadoras de como podemos ser testemunhas e apresentar a Bíblia aos nossos colegas.

Neste mês, então, queremos orar para que a Palavra de Deus seja central em nossa vida e em nosso testemunho missionário. Os estudantes da ABS e da ABU já estão acostumados a planejar estudos bíblicos em suas escolas e universidades, bem como os profissionais abepenses em seus grupos. Entretanto, para além dos tradicionais estudos, que possamos apresentar as Escrituras de maneira criativa e viva aos nossos colegas.

Anunciando a mensagem da vida

Paulo em Atenas nos lembra muito do contexto da missão estudantil. Grupos debatendo, abrindo espaço para todos apresentarem suas ideias, as quais sempre vêm com referências. Paulo observou atentamente o contexto e, quando convidado, respondeu com a mesma linguagem. Falou da arte, da espiritualidade e das poesias do povo, mas não usou o espaço do debate apenas para mostrar o quanto ele compreendeu o contexto. Usou-o para conectar as ideias à Palavra e à história de Jesus Cristo, sua morte e sua ressurreição.

Conectando as Escrituras e a mensagem ao contexto, Paulo criou uma ponte para que o Espírito Santo tocasse corações e transformasse vidas. Onde antes seria só um lugar de passagem, a cidade de Atenas, assim como nosso tempo na escola e na universidade, foi o local em que Paulo plantou vida eterna.

Quais são as linguagens que tocam o coração dos estudantes e profissionais hoje em dia? Como podemos usá-las para conectá-los às Escrituras e à sua mensagem salvadora? Temos ferramentas, como os estudos (e caderno) do Descubra João, mas também podemos criar novas conexões e produções no próximo ano que sejam relevantes para o contexto que virá pela frente.

Vamos orar por isso?

  • Ore para que os estudantes aprendam a manejar a Palavra de Deus e conectá-la à realidade. É importante que possam se aprofundar na Bíblia e nela alicerçar sua fé. É relevante que observem seu contexto atentamente e conheçam seus amigos de verdade. É precioso que possam ligar as Escrituras ao contexto, para que, com curiosidade, seus amigos se aproximem de Deus e deixem que o Espírito Santo os transforme.
  • Interceda para que a Bíblia não seja um símbolo vazio, mas sim semente de vida no coração dos estudantes. Que as narrativas e as mensagens dela possam transformar, encorajar e enviar em missão os participantes da ABUB.
  • Em Atos, vemos como as Escrituras foram relevantes para um etíope, para Atenas, para Roma. Ao longo destes dois anos de pandemia, a Palavra de Deus continuou pertinente e importante para nós. Ore para que Deus nos guie na leitura bíblica e que possamos, assim, ver as mensagens que ele tem para nós nos novos momentos que estão por vir em 2022. Interceda pelas mudanças, pelos retornos, e peça que o Senhor nos guie e ajude a conectar nossa vivência à sua Palavra.