Notícias

Uma assessora nacional para a ABS!

Lia do Valle servirá no ministério com estudantes de ensino médio

Nos últimos anos o ministério com estudantes do ensino médio teve um crescimento expressivo - tanto de novos grupos filiados, assessores auxiliares, representações nas diretorias regionais quanto de eventos de formação regional e nacional.

Quem esteve no Congresso Nacional em 2010 lembra-se do sonho da ABS! De lá para cá celebramos seus 40 anos e muitas pessoas engajaram-se para o desenvolvimento deste ministério. E agora temos a alegria de comunicar que a ABS possui uma assessora nacional em tempo integral!

O primeiro Conselho Diretor de 2015 aprovou a criação desta assessoria específica e a mudança de função da então assessora regional de Minas Gerais, Lia do Valle.

Leia abaixo a entrevista com a Lia e com a secretária de formação da ABUB, Nilsa de Oliveira. Elas contam como ocorreu este processo, descrevem um pouco a função e partilham pedidos de oração:

Como foi o processo para o (re)nascimento desta assessoria?

Nilsa: Em 2010 durante a realização do primeiro Encontro Brasileiro da ABS, dentro do Congresso Nacional, ouvimos fortemente o desejo da ABS de ter um obreiro, mas o movimento vivia um período importante de transição, além de termos uma equipe limitada.

Foi preciso esperar um pouco mais, até que em 2012, no segundo Encontro Brasileiro de ABS, ouvimos novamente o quanto ansiavam por uma assessoria mais específica.

Em 2013 começamos a planejar essa mudança e vimos, naquele momento, o quanto a Lia do Valle, obreira da região Minas, tinha perfil, afinidade e disposição para assumir esse desafio. Começamos as conversas com ela e com o movimento, mas em 2014 houve um retrocesso nos encaminhamentos por conta da necessidade de ter mais uma pessoa na assessoria da Região.

Mas em 2015, com realização do primeiro Acampamento de Verão Nacional da ABS, vimos que a necessidade de ter alguém se dedicando só ao ministério com os estudantes do ensino médio era crucial, então retomamos as conversas com a Lia, já que a região Minas tinha uma nova obreira.  Também ouvimos algumas lideranças da ABS e levamos a proposta para o CD em janeiro, onde o nome dela foi afirmado e a partir daí os preparativos começaram.

Lia, você poderia nos contar sobre sua caminhada ministerial/percepção de vocação para trabalhar com adolescentes?

Lia: Desde que entrei na ABUB sempre fui ligada a ABS, mas tudo tem um começo. E começou no  Congresso Nacional de 2010, quando eu estava no Programa de Estágio em Assessoria, coordenado pelo Phil Rout (obreiro da ABUB até 2014) e sua esposa Carol Rout. Lá eu pude participar do  Encontro Brasileiro de ABS, e participar da movimentação que aconteceu naquele CN da Década. “A ABS não estava dormindo e sim sonhando”.

E quando me tornei obreira da Região Minas, isso não foi diferente. Em Outubro de 2011, tivemos o nosso primeiro Encontro Regional de ABS, e assim a ABS foi crescendo em Minas a cada ano que passava, e fomos trabalhando juntos, ABS e ABU. E nesse caminhar juntos, foi crescendo uma ABS em nossa Região, que se sentia abraçada e com espaço para crescer cada dia mais.

Então, acho que essa vocação foi algo natural que foi surgindo e sendo reconhecida pelos próprios estudantes.
Na verdade, me sinto vocacionada a ser obreira da ABUB. Seja com adolescentes ou jovens!  E como sempre minha demanda foi trabalhar com as duas realidades, Deus foi me dando sabedoria ao longo desse processo. E continuo a orar e a pedir direcionamento de Deus para continuar agora, com esse novo desafio, de ajudar a ABS Brasil a se estruturar.

Qual a função desta nova assessoria?

Nilsa: A nova obreira da ABS vai assumir um papel importante na articulação e diálogo entre as regiões e o movimento nacional. Cuidará da organização dos eventos de formação como o Acampamento de Verão e o Encontro Brasileiro da ABS. Também gastará tempo mapeando os grupos existentes, entendendo suas necessidades e perfis, em função da reestruturação da ABS no Brasil.

Ela também dialogará com os assessores regionais sobre os espaços de formação direcionados à ABS, como os Curso de Férias e outros treinamentos e encontros regionais. Se dedicará a organizar um rede de contatos de assessores auxiliares específicos para os adolescentes e trabalhará ao lado de uma comissão formada especialmente por lideranças regionais da ABS, que vão ajudá-la a se envolver, dialogar e conhecer as necessidades do ministério com estudantes de ensino médio.

Como devemos orar pela Lia?

Nilsa: Precisamos orar por sabedoria, discernimento e saúde para esse momento de transição e os novos desafios da nova função.

Lia:
Podemos orar para que Deus dê discernimento e sabedoria para planejar o trabalho com a ABS Brasil;
Para Deus direcionar este ano de 2015, e a agenda de trabalho que será montada nesse mês;
Para que esse trabalho possa fortalecer a ABS Brasil, e direcionar quais os passos que temos que tomar como Missão Estudantil, para que esse trabalho cresça unido cada dia mais com a ABUB;
Para que Deus dê estratégias para escrever esse Projeto de Trabalho que é por período determinado.
E louvamos a Deus por esta oportunidade que Ele está nos dando de trabalhar para o crescimento da Obra Estudantil.

Nenhum Comentário

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA
O teste abaixo serve para verificar se você é um ser humano e para prevenir submissões automáticas de spam.