Notícias

Prontos para seguir!

Conheça os selecionados no programa de discipulado e serviço da ABUB

Ana Caroline, Anne Karolinny, Estêvão e Stephanie decidiram seguir e vão se dedicar à missão estudantil por um ano. Eles foram aprovados no edital do programa de discipulado e serviço da ABUB, o Siga-me.

Uma atualização das versões anteriores de estágio em assessoria e Transmissão, a nova proposta levará uma dupla para São Paulo (SP) e outra para Juiz de Fora (MG). Ao longo de 2020, os selecionados servirão na missão estudantil, refletirão sobre suas vocações e serão acompanhados em mentoria pelos obreiros Josué Penteado e Karen Aquino, respectivamente. O programa terá uma parte importante de formação, com leituras, resenhas, trabalhos e semanas intensivas de imersão num livro da Bíblia.

Para mais detalhes, veja em nosso YouTube os vídeos elaborados para apresentar o Siga-me. Conheça os quatro selecionados abaixo.

Próxima parada: Juiz de Fora

Ana Caroline Lopes

"Deus colocou um forte desejo em meu coração de me preparar melhor para servir de uma forma mais contundente na ABUB, uma das minhas grandes paixões", conta esta abeuense. Conhecida como Carol, a recifense mora atualmente em Olinda (PE), faz parte da Igreja Anglicana no Brasil (Paróquia Emanuel) e formou-se em medicina em 2018.

"Atualmente trabalho como médica em uma Unidade Básica de Saúde na zona rural do agreste pernambucano", explica Carol, que deixará seu posto para dedicar-se ao Siga-me em 2020. Um verdadeiro passo de fé:

"Sim, a medicina também ainda é uma grande paixão. E sim, ainda acredito que ela é e continuará sendo uma ferramenta de Deus em minhas mãos para abençoar as vidas que ele colocar em meu caminho. Mas sei também que fazer a vontade de Deus é a minha paixão maior de todas. Quero estar onde ele quiser que eu esteja, fazendo o que quer que ele queira que eu faça. Sinto que a ABUB é um dos locais que ele quer que eu esteja servindo-o, então eis-me aqui."

Como orar por Carol? Interceda para que Deus a capacite a ser útil na missão da forma que ele quer. "Sonho em poder caminhar junto com os estudantes em sua missão de pregar as boas novas do Reino de Deus nas universidades e escolas; em aprofundar meu relacionamento com Deus através do discipulado e estudo da Palavra; e em poder ser alguém, depois do programa, que possa capacitar também outras pessoas para trabalharem e assessorarem os estudantes na obra missionária", completa a médica.

Estêvão Marinato

"O que me motivou a me inscrever foi poder servir ao Reino de Deus em primeiro lugar e trabalhar na propagação do evangelho de forma integral e intensa", explica o estudante.

O passaporte de Marinato, como é mais chamado, já está carimbado pelo sudeste do Brasil: carioca, morou boa parte da vida no Espírito Santo, gradua-se em julho de 2019 na Universidade Federal de Viçosa (MG), onde estudou Arquitetura e Urbanismo nos últimos anos. O estudante ainda frequenta a Igreja Presbiteriana de Viçosa, porém é membro congregante na Primeira Igreja Batista de Castelo (ES).

O desejo de servir à missão estudantil foi um dos pontos que lhe inspirou a separar um ano de sua vida para o Siga-me. "O programa me permite atuar de forma mais presente na ABUB, algo que venho desejando desde que ingressei no movimento, e o que aumentou muito nos últimos anos da graduação."

Como orar por Marinato? Para o quase arquiteto, o serviço em si deve ser um grande desafio que ele irá encarar. "Não que seja penoso, mas cada vez mais a realidade do evangelho é colocada em xeque nas universidades, e cada vez mais nossa geração tem se afastado da realidade do amor de Cristo. É um sonho poder ver a comunidade estudantil entendendo o papel da salvação e da redenção de Cristo em suas vidas, ver todo o potencial técnico universitário ser levado a glorificar a Deus, e em benefício do seu Reino", compartilha.

Estêvão pede oração por todos os participantes do programa e por seus preparativos. Cada um deles precisará mobilizar recursos, além de acertar suas vidas pessoais, preparar a mudança e buscar moradia. Depois, virão os desafios da adaptação na cidade e no trabalho. Ore "para que Deus levante parceiros não só financeiros, mas também espirituais, de forma que esse ano renda frutos não só para o movimento estudantil cristão, mas para toda a igreja", pede Marinato.

Próxima parada: São Paulo

Anne Karolinny Carvalho

"Deus plantou o propósito missionário em meu coração e tem me guiado nesse caminho", diz Anne. "Quero crescer em conhecimento de Deus e de nós, e levar isso a todos que Deus me permitir alcançar." De Natal (RN), Anne estuda Direito na Universidade Federal do Rio Grande do Norte, onde se graduará no próximo semestre, e é da Igreja Presbiteriana de Cidade Satélite.

Para ela, um dos motivos de participar do Siga-me é amadurecer seu chamado, além de entender melhor seus dons e talentos e como usá-los no serviço. "Também quero servir à ABUB porque acredito no movimento e sei como ele pode transformar vidas e relacionamentos, assim como ocorreu comigo."

Como orar por Anne? "A mobilização de recursos tem se apresentado cada vez mais desafiadora", compartilha a natalense. "É algo bem diferente de tudo quanto já vivi e sei que por ela ainda vivenciarei novos tons de fé." Interceda para que Deus guie ela e todos os seguidores no processo de depender nele e na comunidade cristã ao ser sustentada por meio de doações.

"Eu sonho em ver engrandecido o nome de Deus e o seu amor nos campos universitários e secundaristas. Em ser vaso de bênçãos aos meus semelhantes, para que por meio de minha vida o amor de Deus e sua verdade transformadora chegue a eles. Sonho com uma ABUB cada dia maior e mais forte, a trabalhar esses sonhos."

Sonhe junto com Anne em oração!

Stephanie Loli

"A oportunidade de dedicar um ano de minha vida a aprender mais sobre Cristo, vocação e serviço na missão estudantil", além de ser acompanhada de perto pelos obreiros mentores, foi o que motivou a inscrição de Stephanie.

Natural de Itu (SP), onde congrega na Igreja Assembleia de Deus, a abeuense se formou em Relações Internacionais na Universidade Estadual de São Paulo, em Franca (SP). Em 2017 ela realizou intercâmbio acadêmico em Santiago de Compostela, na Espanha, onde também participou do movimento estudantil missionário.

Como orar por Stephanie? "Para mim, os maiores desafios estarão no trabalho, na coragem e na confiança em Deus que precisamos ter para levantar os recursos financeiros, e na mordomia e gestão de tempo durante o programa", pontua Stephanie. Interceda para que o Senhor dê amadurecimento e sabedoria a todos os seguidores na administração de sua rotina durante o ano de 2020. Ela completa:

"Quanto aos sonhos, peço que orem para que, através do Siga-me, eu e os outros participantes possamos crescer em sabedoria, fidelidade e generosidade. E que nossas mentes e corações estejam completamente focadas no serviço e amor aos estudantes e à missão estudantil." Amém!

Ajude-os a seguir!

Além de orar, é possível também participar diretamente no sustento de Anne, Carol, Estêvão e Stephanie. Eles precisam de diversas contribuições para manterem-se ao longo de 2020. Se você gostaria de doar diretamente para eles, escreva para abub@abub.org.br e lhe colocaremos em contato!

Nenhum Comentário

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA
O teste abaixo serve para verificar se você é um ser humano e para prevenir submissões automáticas de spam.