Intercessor

Ore pelos que buscam a Deus

“Agora estamos todos aqui na presença de Deus, para ouvir tudo que o Senhor te mandou dizer-nos.” - Atos 10:33b (NVI)

Convivemos (ainda que no modo online) com pessoas que buscam a Deus de diversas formas. Meditação, literatura, previsões e modos de entender a vida. Talvez seja uma curiosidade que sempre cultivaram por espiritualidade; talvez uma necessidade que o período prolongado de pandemia despertou, mas se conversarmos com nossos colegas de escola, universidade e trabalho sobre seus anseios espirituais, dispostos a ouvi-los de fato, veremos que muitos estão abertos a conhecer sobre expressões religiosas e nossas experiências pessoais. Como podemos compartilhar nossa fé com eles?

Um bom primeiro passo é prestar atenção no que estão buscando. Quais são suas dúvidas? Que respostas ou acalentos anseiam? Contar nossa história com Cristo, incluindo seus altos e baixos honestos, é uma forma de compartilhar o que Deus já fez em nossa vida. Além disso, que tal convidá-los a estudar sobre Jesus? Embora vivamos em um país de tradição cristã, muitos não conhecem a figura de Cristo como apresentada na Bíblia. Será que ele é apenas um pregador do amor ou mais do que isso?

Uma das ferramentas de que dispomos é o Descubra João, uma série de seis estudos que ajuda não cristãos a observarem quem é Jesus a partir do Evangelho de João. As reflexões são voltadas para aqueles que não conhecem as Escrituras, mas têm curiosidade de saber mais. Os estudos podem ser feitos em dupla ou em grupo com maioria não cristã. Os participantes veem por conta própria a figura de Jesus e podem, assim, decidir por si mesmos quem ele foi. Os estudos estão disponíveis online, acesse-os neste link. Para encorajar ainda mais seus colegas não cristãos, há como pedir o envio postal dos cadernos que contêm os estudos, todo o Evangelho de João e espaço para anotações (acesse o formulário).

Independente da ferramenta, Deus nos convida a nos relacionarmos com nossos colegas e estarmos atentos a suas buscas por ele. Somos uma ponte pela qual o Senhor pode levar sua graça para mais pessoas!

Sanando as curiosidades

Curioso em conhecer mais de Deus, o eunuco etíope de Atos 8 lia a Palavra procurando respostas quando Filipe se aproximou dele e o ajudou a ver o texto com outros olhos. Em Atos 10, a família do centurião Cornélio possuía uma espiritualidade viva e buscava a Deus com tanta honestidade que o Senhor enviou anjos para conectá-los a Pedro, que pôde, então, explicar-lhes mais sobre Jesus.

A Bíblia está repleta de relatos de pessoas que já ansiavam pela graça antes de conhecê-la pessoalmente. Nessas histórias, Deus muitas vezes usou outras pessoas e seus relacionamentos para apresentar-se a elas e para aproximá-las da Bíblia. O próprio Pedro, quando conversava com Cornélio e sua família, compartilhou sobre esse envio do Senhor dizendo: ”[Jesus] nos mandou pregar ao povo e testemunhar que foi a ele que Deus constituiu juiz de vivos e de mortos. Todos os profetas dão testemunho dele, de que todo o que nele crê recebe o perdão dos pecados mediante o seu nome” (Atos 10:42-43, NVI).

Cristo, portanto, nos enviou para testemunhar sua mensagem. Ele nos conectou com aqueles que o buscam para que possamos, a partir da Palavra, apresentá-los à graça.

Vamos orar sobre isso?

  • Interceda conosco para que os abessenses, abeuenses e abepenses estejam atentos aos seus amigos “curiosos”, que já estão buscando a Deus de sua própria forma. Que nosso Senhor os capacite a ouvir essas pessoas e dialogar com elas a partir de nossas histórias e da Palavra. Que Deus os encoraja a, mesmo podendo receber uma resposta negativa, convidá-las a estudar um pouco mais sobre quem é Jesus. Também oramos para que os participantes da ABUB vivam de forma a testemunhar, através de seu comportamento, sobre o amor, a graça e a dependência em Deus. Que sejamos também fonte para esta curiosidade!
  • Ore pelas pessoas com quem convivemos: familiares, colegas de classe ou trabalho, vizinhos. Que Deus cuide de suas vidas e nos ajude a sermos ferramentas de seu cuidado com essas pessoas. Nestes tempos de pandemia, interceda para que possamos acolhê-las e servi-las em suas necessidades físicas, materiais, emocionais e espirituais. E não deixe de orar pela nossa situação de saúde e social e a gestão de nosso país neste momento.
  • Ore por estratégias e ferramentas criativas de evangelização e serviço entre nossos profissionais e estudantes. Que, assim como o Descubra João, possamos criar e conhecer outras maneiras que nos auxiliem ao apresentar Jesus. Interceda também pelas instâncias de treinamento missionário que se iniciarão neste mês de junho: os Cursos de Férias regionais.